RizVN Login



Cultura de Segurança de Alimentos
 

Apesar dos avanços da Ciência dos Alimentos nas últimas décadas, das novas tecnologias, da aplicação da Sistema de Análise de Perigos e Pontos Críticos de Controle (HACCP) e do desenvolvimento dos sistemas de gestão da Segurança de Alimentos, problemas ocasionados por alimentos e bebidas continuam ocorrendo, com consequências devastadoras para as empresas, seus clientes e consumidores.

 
 

Estudos têm demonstrado que mesmo havendo suficiente conhecimento dos colaboradores sobre a Segurança de Alimentos, os comportamentos podem ser inadequados com relação aos procedimentos e as normas exigidos. Para aprimorar o desempenho em Segurança de Alimentos é necessário mudar a forma que os profissionais agem, ou seja, é necessário, mudar o comportamento.

 
 

Se a sua empresa, efetivamente, deseja que a Segurança de Alimentos seja incorporada como um valor na Cultura Organizacional, criando a Cultura de Segurança de Alimentos, não perca tempo. Comece agora mesmo a internalizar o valor de segurança de alimento na cultura da sua empresa.

 
 

Conceito

Cultura de Segurança de Alimentos representa a conjunção de comportamentos relativamente constantes, aprendidos, compartilhados e aceitos por um grupo de profissionais, que contribui para o comportamento de higiene, usado em um ambiente de manuseio do alimentos. (C. J. Griffith (2010, p. 435).

 

Importância da Segurança de Alimentos - Casos

De acordo com a OMS, alimentos e bebidas não-seguros estão ligados à morte de cerca de 2 milhões de pessoas por ano. Os primeiros resultados divulgados em 2015, pela OMS, sobre a atual carga global de doenças transmitidas por alimentos desde 2010, registram pelo menos 582 milhões casos.

Segurança dos Alimentos

 

Recall por Segmento: 2002 a 2016 – Procon-SP.

Tipo: quantidade de produtos afetados.

Segurança dos Alimentos

 

Vantagens

  • > Internalizar o valor de segurança de alimentos.
  • > Reduzir os riscos de contaminação de alimentos e bebidas.
  • > Aprimorar os padrões de comportamento esperados.
  • > Aumentar o foco nos processos e nas pessoas.
  • > Aumentar o grau de engajamento dos líderes e colaboradores.
  • > Alinhar e integrar as orientações da Cultura de Segurança de Alimentos à tomada de decisão.
  • > Contribuir para a implantação, manutenção e consistência de Sistemas de Gestão de Segurança de Alimentos, contemplados ou não, por normas de certificação:
    (ISO 22000, BRC, FSSC 2200, IFS, GlobalGAP etc).
 

Serviços

  • > Diagnóstico da cultura de Segurança de Alimentos (aplicação de metodologias quantitativa e qualitativa).
  • > Diagnóstico do engajamento das lideranças e dos colaboradores(aplicação de metodologias quantitativa e qualitativa).
  • > Desenvolvimento do Plano de Ação para a gestão da Cultura de Segurança de Alimentos (Estabelecer diretrizes estratégicas para a gestão da Cultura de Segurança de Alimentos; Alinhar e integrar as orientações da Cultura de Segurança de Alimentos à tomada de decisão).
  • > Desenvolvimento do Plano de Comunicação Interna.
  • >Internalização da Cultura de Segurança de Alimentos.
  • > Treinamentos comportamental.
  • > Criação de indicadores da Cultura de Segurança de Alimentos.
  • > Desenvolvimento de Programas de Reconhecimento.
 

Indicadores da Cultura de Segurança de Alimentos

  • > Liderança.
  • > Comunicação.
  • > Gestão (Sistema e Estilo).
  • > Infraestrutura.
  • > Responsabilidade.
  • > Engajamento.
  • > Percepção de risco.
  • > Trabalho em equipe.
  • > Pressão de trabalho.
  • A elaboração de um programa de gerenciamento cultural é fundamental para a implantação de estratégias que visem melhorar o desempenho da organização quanto à Segurança de Alimentos.

Contate-nos